17 janeiro 2007

Can't not.



Alanis falando por mim:

"Eu estaria mentindo se dissesse que estou completamente são e salvo.
Eu poderia estar provando a você o certo com meu silêncio ou minha fúria?
Eu estaria deixando você vencer com a minha não reação?
Como eu explicaria, como eu explicaria isto a meus filhos se os tivesse?
Porque eu não posso mesmo
Porque eu não posso permitir ser mal interpretado mais de uma vez
.
Eu estaria choramingando se eu dissesse que eu precisei de um abraço?
Você se sentiria diminuído se eu dissesse que seu amor não é suficiente?
Como posso me queixar?
Como posso me queixar quando sou o único que luta por isso?
Porque eu não posso mesmo
Porque eu não posso andar sem minhas muletas
Porque eu não posso mesmo
Porque eu não posso deixar de imaginar por que você me perguntou aquilo.
.
Para que toda aquela sabedoria não ouvida no pátio da escola ?
Vocês pensam que são os corretos ?
Vocês pensam que são os encantados?
Como vocês podem continuar com tanta convicção?
E quem vocês pensam que são, porque me questionam?
Porque nós não podemos deixar de rir dessas opiniões
Porque eu não posso permitir ser enganado mais uma vez
Porque nós não podemos ajudar sem sua vontade.
.
Por que você me afeta?Por que você me afeta ainda?
Por que você me atrapalha?Por que você me anula e atrapalha?
Por que você me enerva?Por que você me enerva ainda?
Por que você me engatilha?Por que você me engatilha ainda?"

Alanis Morissette

Um comentário:

Aloisio disse...

Gustavo voce escreve(trans)a coisa certa no momento certo, pelo menos nos meus monentos...