29 setembro 2008

o seu asfalto.


Durmo aqui,
pensando em ti, aí.


"Sou seu fado, sou seu bardo
Se você quiser ouvir
O seu eunuco, o seu soprano, um seu arauto
Eu sou o sol da sua noite em claro,
Um rádio
Eu sou pelo avesso sua pele
O seu casaco"
(Uns Versos - Adriana Calcanhotto)

Um comentário:

sam drade disse...

super van sant*